terça-feira, 5 de outubro de 2010

A lactante e o caixa preferencial


Desde a minha gestação, eu tenho problemas com o tal caixa preferencial. E, como não poderia ser diferente, durante as eleições também tive problemas, por causa de pessoas despreparadas e desinformadas. A desinformação é um grande obstáculo para conseguirmos usufruir dos nossos direitos.
Você pode se surpreender com o que eu vou dizer, mas o caixa preferencial pode ser usado por mães que amamentam seus bebês INDEPENDENTE de estarem ou não com seus filhos no colo.

O artigo 9º da RESOLUÇÃO Nº 2.878 CMN/BANCO CENTRAL, DE 26 DE JULHO DE 2001, afirma "atendimento prioritário para pessoas portadoras de deficiência física ou com mobilidade reduzida, temporária  ou  definitiva, idosos, com idade igual ou superior a sessenta e cinco  anos, gestantes, lactantes e pessoas acompanhadas por criança de colo ..." Observe que lactantes e pessoas com crianças de colo estão escritas separadamente. O que, por uma questão de interpretação, já explica o que eu afirmei acima. A lactante tem prioridade e PONTO. Da mesma que a forma que a gestante também tem prioridade, estando com 2 meses de gestação ou com 9 meses. O tamanho da barriga não está especificado na lei.

As pessoas acham isso um ABSURDO, porque no Brasil é muito mais comum bebês que mamam mamadeira ou mamam peito + mamadeira, do que bebês que mamam exclusivamente no seio. Ora, se o bebê mama mamadeira, não tem porque a lactante ter prioridade, já que outra pessoa pode oferecer o alimento para o seu bebê. Mas, no meu caso, só EU poderia alimentar meu filho e, logo, não poderia perder horas em filas. Fato. Para isso que serve a lei. Não há necessidade de levar um RN para o mercado, por exemplo, mas há a necessidade de ser atendida PREFERENCIALMENTE, já que o RN está em casa e pode chorar de fome.

Pois bem. Domingo, dia de eleição, chovendo, a escola onde eu votava não tinha estacionamento. Renard ficou no carro com o Raphael, que estava estacionado longe da escola por falta de vagas, e eu fui votar. Chegando na minha seção, uma fila enorme. Pedi licença delicadamente e expliquei aos mesários que meu filho de 5 meses estava no carro e eu era lactante, portanto tinha direito ao caixa preferencial.

- Desculpe, mas a senhora não está com seu filho no colo e terá que enfrentar a fila, pois não tem como provar que amamenta.

- Não seja por isso. Posso tirar o meu seio e espirrar o leite. Dessa forma, eu consigo te provar que sou lactante. (Baixei o nível) Saí reclamando e fui para a fila, claro.

Depois de uns 15 minutos, uma menina, de uns 24 anos, perguntou se alguém se incomodava se ela me deixasse passar a frente. Ninguém se incomodou e eu votei. Ainda tinham umas 10 pessoas antes de mim. Enfim, fui embora. Quando eu cheguei no carro, o Rapha estava chorando querendo mamar. E ai? Meu filho chorou, porque aqueles mesários despreparados não tinham o conhecimento correto da lei. Mas não os culpo. Ninguém tem o conhecimento, nem mesmo as pessoas que teriam o direito.

Ai você me pergunta: como você vai provar que é lactante? Pois é, não vou provar. Outro problema cultural num país onde a corrupção, a mentira e a esperteza prevalecem. Já pensou um monte de mulher passando no caixa preferencial se dizendo lactante? Não é de espantar se isso acontecer. Um monte de gente espertinha querendo passar na frente para não perder horas na fila. E por causa de comportamentos mal educados como esse, eu, que, realmente, tenho direito, vou pagar por causa dos outros? Não. Não vou. Eu exijo meu direito em qualquer lugar que eu vou, estando ou não com o meu filho no colo.

Assim que eu descobri que estava grávida, eu usava o caixa preferencial. Recebi vários olhares tortos, e muitos caixas me repreendiam: "Senhora, esse caixa é preferencial". "Eu sei, mas eu estou grávida." Foi uma luta, porque minha barriga só foi aparecer com mais de 7 meses de gravidez, então eu sempre tive problemas com isso. No ônibus, já pedi, educadamente, que pessoas que estavam sentadas em assentos preferenciais se levantassem para que eu pudesse me sentar. E já me estressei algumas vezes com adolescentes e jovens usando o caixa sem ter esse direito. Eu falava: "Dá licença, por favor? Esse caixa é preferencial. Obrigada!" E passava na frente.

Portanto, fica a dica. Se você não sabia dessa lei, com relação a lactante, usufrua do seu direito. Se você não tem direito, então não utilize-o. Se está sentado no ônibus em assentos reservados, levante. Se não quiser levantar para ceder o lugar, sente em outro assento. SIMPLES.

Um beijo e vamos conhecer e exigir nossos direitos.

11 comentários:

calzzzinha disse...

vc se diz estressada mas nem eh, vc eh consciente, mto fofa eu teria arrumado mto mto mais barraco hehehe

@GabiLorenzatto disse...

Recebi muitos olhares tortos também, mas sempre fui atrás dos meus direitos, e como eu sempre estava com meu filho junto quando bebe, facilitava, mesmo assim falavam que ele estava no carrinho, que eu poderia esperar, NÃO ESPERO;

Michele disse...

olha eu uso caixa preferencial ate hj !!!meu bebe tem 1 ano e 6 meses e AINDA MAMA !!! mesmo nao sendo mais exclusivamente porque ele ja come comida..enfim essa lei nao determina ate quando o bebe mama..e a idade do bebe..determina para mulher que amamenta e ponto..ate hj mesmo nao estando com meu filho no colo eu uso caixa preferencial ate agora ninguem falou nada..mais domingo nas eleições eu estava com meu filho no colo e reclamaram porque eu passei a frente!!aí eu fiz um escandalo basico e disse eu tenho prefrencia 2 x tenho criança de colo e ainda por cima sou LACTANTE , a mulher que reclamou ficou quieta !! realmente temos que exercer nossos direitos !!!se fosse eu debora eu espirrava o leite na cara da mulher que disse isso hahahaha..aff quanto desaforo !
bjs
Michele

Luzinete disse...

Ih amiga, passei mt por isso quando estava grávida. Pedi muitas vezes o lugar, mesmo quando já estava com barrigão, as pessoas não levantam. Um absurdo!

Sonny Lisandra disse...

Parabens pela determinacao de sempre lutar pelos seus direitos.. adorei qdo disse q ia espirrar o leite!...rs. Realmente e um absurdo!, acho q no fundo eles ficam com medo das pessoas na fila cobrarem explicacao do pq esta passando alguem sem bb no colo ou c necessidade especial!, a desinformacao e grande, e confesso q tbm fazia parte dos desinformados em realacao a essa resolucao, tbm amamento e agora sabendo disso, sempre vou usar o preferencial... na maioria das vezes q vou ao supermercado acabo levando o Heitor junto c medo dele chorar e o pai nao dar conta.

Isabela Bonfim disse...

oii, adorei o post. Ainda não sou mão, ams procuro me informar sempre e infelizmente essa situação que vc descreveu é comum. Mas aidna bem que tem gente que ainda luta pelos seus direitos. Beijos

http://ourdreambox.blogspot.com/

Anônimo disse...

Olá amigas, estou aqui para relatar que hoje após ser atendida no caixa do banco itaú fui chamada pelo gerente que disse o seguinte: "você não pode usar o caixa prioritário pq não está com a criança no colo e outros clientes estão reclamando". Fiquei decepcionada pq sou cliente do banco e não houve consideração. Meu bebê tem 1 ano, mas ainda amamento. Será que não sou considerada mais lactante?!

Anônimo disse...

Bom..Primeiramente quero lhe agradecer por tirar minha dúvida. Trab com atendimento ao publico no Detran e apareceu uma moç e sentou no meu glichê sem pegar senha. Olhei pra ela e perguntei:_Cadê a senha moça? Ela respondeu: _ Sou preferencial. Sou lactante. Eu ouvi a explicaçao dela enquanto a atendia e entendi. E o povo ficou reclamando.... Eu comp nunca tinha ouvido falar nessa lei fiquei na duvida e procurei me informar. Bjo Kessey

Anônimo disse...

A lei que começa o texto contempla o atendimento bancário ou vocês acham que o CMN e o BC fazem leis para atendimento na fila de votação, na quitanda do seo Zé, etc.? Realmente, tem muita gente desinformada...

Anônimo disse...

Essa semana aconteceu um caso muito constrangedor comigo eu estava na fila preferencial da lotérica e quando chegou minha vez o caixa disse que não podia mais me atender ali a não ser se estivesse com o meu bebe no colo ele ainda falou que foi a gerente que falou pra eles, pois o povo estava reclamando muito. Bem eu fui embora e ficou a duvida: Eu tenho direito ou não de usar o caixa preferencial???? pois no guichê fala que pessoas idosas, gestantes, pessoa com criança de colo, deficiências físicas e lactantes tem preferência.Gostaria muito de saber???? Mas tem um detalhe meu bb já tem 1 ano e 8 meses, mas a hora que ele acorda se eu não estiver em casa ele chora muito, pois ele não pega mamadeira e nem outro tipo de leite, só quer o peito. Muitas vezes largo tudo que estou fazendo na rua pra vir pra casa, ai ele mama e agora voltamos pra rua juntos. pois ele é muito ligado a mim. Ja tentei desmama-lo varias vezes, mas ele não aceita. Também fico com dor, pois quando vem chegando os dentinho ele não come nada é só peito peito. Então por favor me tire essa duvida, obrigado e boa tarde. Teresinha Carneiro.

Anônimo disse...

Aaa eu tô nessa fase. Só Pq minha filha de um ano e cinco meses anda não posso usar caixa preferência e sou lactante num sei mas o que fazer pois as filas são enormes para ficar com ela e no colo Pq mas vezes ela não quer ficar no chão

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...